O GIGANTE JOAQUIM BARBOSA e o pigmeu Lula ...
Colaboração do Ir.'. Paulo Peestana - Advogado
09/11/2012




Dez anos separam estas duas edições. Uma foi publicada em 2002 e a outra chega hoje às bancas.
 
Duas capas da revista Veja exaltando dois homens do povo que, cada um a seu tempo, chegaram aos mais altos postos da República.
 
À esquerda, o ex-presidente Lula em outubro de 2002, três dias após vencer a eleição. À direita, o Ministro Joaquim Barbosa, aos 14 anos de idade, quando era aluno de um colégio público em Paracatu-MG.
 
O primeiro nomeou o segundo para ser ministro do Supremo Tribunal Federal.
 
Hoje em dia, o primeiro vive praguejando e babando ódio contra o segundo, porque seu indicado obedece à Lei e à Constituição, e não à canalhice de quem lhe nomeou.
 
O primeiro não tem a menor ideia do que seja o funcionamento dos três poderes da República. O segundo é o guardião da Carta que rege estes três poderes,  “independentes e harmônicos entre si“.
 
O primeiro frustrou quem nele confiava e envergonhou um país inteiro. O segundo resgatou a nossa quase perdida fé nas instituições e vem orgulhando o Brasil decente com sua atuação firme e corajosa.
 
O primeiro, desmascarado, dá os passos iniciais no rumo do ostracismo e do merecido esquecimento. O segundo, desmascarador do primeiro, entra gloriosamente na galeria dos grandes heróis desta sofrida nação.
X
Direito (advocacia/assessoria jurídica) - Advocacia - Direito Civil, Penal, Ambiental, Empresarial
(11) 5096 7070 -
Rua Volta Redonda, 707, cj. 152 - Campo Belo - São Paulo / São Paulo / Brasil - CEP 04608-011
Falar com Armando