SAMAYA: Cama – Mesa – Banho – Calça Jeans – Moda Íntima – Camisetas - Sacarias
Comércio, Indústria - Costuras em geral e fabricação de tecidos - lençóis, capas, edredons – toalhas de mesa, cortinas, jogos em geral - toalhas de banho e rosto, pisos - calças jeans femininas e masculinas - calcinhas, sutiã - camisetas em geral - panos de chão, prato...
(11) 2081-4711 / 7621-2080 / Nextel 30*49979 -
Rua João Boemer, 956 - - São Paulo / São Paulo / Brasil - CEP
Falar com Ir Mohamad
Moda Íntima Feminina

As roupas íntimas dão à mulher confiança e auto-estima. As peças valorizam o corpo e os modelos se adaptam às diferentes roupas. As opções são muitas, cores, modelos, estampas, tecidos e tamanhos. A moda íntima feminina se preocupa com o conforto e o bem-estar da mulher.

Como as roupas íntimas podem realçar a beleza da mulher?

Sutiãs com bojo ou de silicone, calcinhas com enchimento, cintas para cintura, camisetas modeladoras e meia-calça, evidenciam as qualidades de uma mulher. Ainda, deixam o corpo feminino melhor modelado para o uso de determinadas roupas. Também ficam por conta das roupas íntimas a realização de fantasias e conquistas, e a ousadia de cada uma fica determinada por suas peças íntimas.

Como escolher sua roupa íntima?

·
  • Calcinhas
  • : existem muitos modelos, sem costura, tangas, cuecas femininas, modeladoras de cintura de culotes, ousadas, entre outras. Os materiais também variam desde os mais sintéticos aos de puro algodão. Há modelos com renda, com a lateral grossa ou fina, e várias cores ou estampas. O importante é unir o conforto com a beleza da peça.
    ·
  • Sutiãs
  • : tomara-que-caia, com bojo, sem costura, rendados, frentes-únicas, com alças removíveis e de silicone, são os principais modelos. As possibilidades permitem o uso de vários tipos de blusas ou vestidos sem comprometer o visual.
    ·
  • Baby doll e camisolas
  • : desde os confortáveis de malha até os mais ousados, o baby doll é uma boa opção para noite. Com estampas ou com rendas, eles fazem muito sucesso e agradam o parceiro.
    ·
  • Meias
  • : 3/4, 7/8, meia-calça, depende do “look” que você quiser ter as meias mais curtas podem ser rendadas e têm um efeito mais sexy ao visual.
    ·
  • Fantasias
  • : enfermeira, bombeira, sado-masoquista, colegial, coelhinha, diabinha, anjinha, noivinha, enfim, as fantasias ficam por conta da imaginação e do desejo de cada um. No mercado há modelos mais e menos ousados, para agradar todos os gostos e preferências.

    O importante é se sentir bem com aquilo que vestir!

    A origem da palavra jeans

    A raiz da palavra jeans foi notada pela primeira vez em 1567 como Genoese ou Genes, um termo usado na descrição das calças dos marinheiros da cidade de Gênova, na Itália. Os rebites de reforço foram patenteados em 1873 por Levi Strauss e Jacob David. Tachinhas de cobre foram utilizadas para dar uma maior resistência aos bolsos que não estavam resistindo ao peso colocados neles. Os pontos críticos das calças foram reforçados, tornando-as mais duráveis.

    História

    Peças de Jeans são artigos de confecção têxtil destinado ao vestuário que usam como matéria-prima tecidos Denim. Muito populares na atualidade, as calças jeans evoluíram com o tempo e hoje são indispensáveis no mundo da moda. Tudo começou quando um século atrás Levi-Strauss criou roupas resistentes para mineiros nos Estados Unidos. No início foi tudo uma experiência. Levi Strauss confeccionou duas ou três peças reforçadas com a lona que possuía, deu-as aos mineradores e o sucesso foi imediato. Altamente resistente, as peças não estragaram com facilidade. Estava criado o jeanswear, o estilo reforçado de confecção, o qual foi originalmente destinado a roupas de trabalho.
    A partir de então, cada vez mais os trabalhadores utilizavam o jeans para exercer suas tarefas mais árduas e de exigência física. Entretanto, o jeans só passou a ser utilizado no dia-a-dia, já no século XX.
    O primeiro estilista a colocar os jeans na passarela foi Calvin Klein já na década de 1970. Podemos considerar que o grande feito do jeans foi a inclusão social do produto, tanto um simples operário quanto pessoas ricas usufruem do tecido azul. O jeans ganhou outra conotação quando dentro de sua composição foi adicionado o elastano, assim dando o caimento perfeito tão desejado pelas mulheres. E depois a inclusão do algodão com o poliéster e o estastano adicionando a praticidade do jeans o brilho do poliester e o caimento perfeito do elastano.
    O jeans só chegou a conquistar o restante da população após a proliferação social do seu conceito como roupa despojada e do cotidiano, sem perder seu charme e elegância.

    Lavagens e Rasuras

    Há vários tipo de lavagem na fabricação do jeans. Uma delas e a mais clássica é a ultilização de pedras vulcânicas para dar o ar de gasto. Essas pedras são especiais e porosas e são colocadas junto com o jeans dentro da máquina de lavar industrial. Outros tipos de lavagens visam sempre dar algum tipo de aspecto ao jeans. Seja um aspecto de muito uso, mal passado e etc.
    Algumas rasuras em jeans são feitas com ferramentas de construção antes de sair da fábrica como por exemplo uma esmerilhadeira.

    Modelagens do jeans
     
  • Tradicional
  • : Cintura no lugar e pernas de corte afunilado. Já foi chamada de five pochets (cinco bolsos), três na frente e dois atrás, uma referência à pioneira 501 americana da Levis. Por seu corte acompanhar as linhas do corpo, costuma vestir bem a maioria das pessoas.
  • Antifit
  • : Modelagem da 501, o primeiro modelo da Levis.Tem botões ou zíper, adaptada a silhueta do consumidor, com cintura baixa, quadril desestruturado e corte reto nas pernas. Como o nome diz, não é um jeans de caimento perfeito; fica com pequenas sobras no quadril e cavalo.Tem pontos a favor: o conforto e o estilo.
  • Cut Boot
  • (Corte para botas): Uma variação do antifit, tem a perna um pouco mais larga do joelho para baixo, para facilitar o uso de botas para dentro da calça. Semibaggy: por ter cintura no lugar, quadril largo e corte da perna ligeiramente afunilado, de cintura fina e quadril largo.
  • Tigh Fit ou Slim Fit
  • : (caimento justo, apertado): com cintura baixa, tipo Saint-Tropez, marca bem os quadris e tem as pernas justas, com corte afunilado ou reto.
  • Cigarrete
  • : modelagem ajustada ao contorno do corpo, pernas justas e cintura baixa.Algumas versões usam a mistura de jeans com lycra. O resultado é uma calça ainda mais agarrada.
  • Oversized
  • (tamanho exagerado) : é o jeans bem folgado.Suas formas amplas não favorecem as mais baixas (achatam a silhueta) nem as gordinhas (parecem ainda mais gordas). Base extra dimensionada de cintura larga, quadril desestruturado e pernas amplas.
  • Skinny
  • : Modelagem bem justa, principalmente abaixo do joelho. Parecida com a Legging, porém de tecido Jeans.

    Fonte: Wikipidia

X
Filantropia, Associação - Manutenção de jovens de várias faixas etárias
(11) 4701-5029 -
Rua dos Jasmins, 120 - Parque Assunção - Taboão da Serra / São Paulo / Brasil - CEP 06753-440
Falar com Ir.: Adhemar Almeida